// EDITORIAIS
Nossos 15 anos Nossos 20 anos Nossos 25 anos Nossos 30 anos

 

 

O ano de 2012 começa bastante significativo para os membros da Academia Brasileira de Odontologia Militar. No mês de março vamos comemorar os 30 anos de nossa entidade.

Fundada por um grupo de cirurgiões dentista das Forças Armadas Auxiliares que em 1982 sentiram a necessidade de se unirem para discutir os problemas inerentes e os rumos da Odontologia Militar.

Ao fazermos uma retrospectiva do caminho percorrido durante esse tempo, só temos motivos para nos orgulhar. Atualmente, ministramos cursos de especialização e atualização das diversas especialidades nas Odontoclínicas militares em vários estados brasileiros, participação no Odontorio e no Congresso Internacional de Odontologia do RJ em parceria com a ABORJ, e em Congressos Militares nos estados, sempre com o apoio das ABOs locais. Retornamos também, a publicação de nossa revista que começa a ganhar espaço nos meios acadêmicos nacional.

Entre as solenidades comemorativas, está previsto uma jornada científica que na sua primeira parte vai mostrar excelência dos trabalhos que os dentistas militares da Marinha, Exército, Polícia Militar, e Corpo de Bombeiros realizam em suas respectivas unidades. Na segunda parte, haverá um curso de periodontia, ministrado por um professor de renome nacional.

Nós da ABOMI sabemos que uma revista científica não é feita com promessas de seus editores. Seu valor reside na qualidade dos artigos que publica, mas é com imensa satisfação que com a publicação dessa edição especial, continuamos mantendo um dos pilares de nossa instituição, que é valorizar, incentivas e apoiar a produção científica de Cirurgiões Dentistas militares e civis, elevando cada vez mais a odontologia ao patamar de excelência no cenário científico Nacional e Internacional.

Para tanto, reinteramos a necessidade do envio de artigos pelos nossos acadêmicos, alunos dos cursos de pós-graduação e profissionais militares e civis para que possamos manter a periodicidade exigida pelos órgãos regulatórios e a excelência em produção científica.

Assumindo a presidência da Academia no Biênio 2011/2013, conclamo os colegas militares e civis que juntem-se a nós para o engrandecimento da nossa Academia e da nossa odontologia.

 

Saudações Acadêmicas

Evandro Robin de Lima.
Cel Dent Aer R1


topo

 

JUBILEU DE PRATA - ABOMI

A Academia Brasileira de Odontologia Militar reuniu-se em 09 de março de 2007 para comemorar o Jubileu de Prata de sua criação, ocorrida em 08 de março de 1982, por iniciativa de cirurgiões-dentistas da Marinha, do Exército, da Aeronáutica e das Forças Auxiliares.
Seus principais objetivos são:
I - Incentivar o estudo e a pesquisa das ciências odontológica em seus múltiplos aspectos.
II - Cooperar com as Autoridades Militares e os Poderes Públicos como órgão técnico de Odontologia, em tudo que estiver relacionado com a profissão e o interesse público.
III - Promover, estimular e acompanhar através de seus Acadêmicos, Membros ou Comissões, os trabalhos, reuniões, congressos e cursos odontológicos realizados no âmbito militar e civil, no Brasil e no Exterior.
IV - Propor, criar, e orientar estudos especificamente voltados para a aplicação da Odontologia às atividades Militares.
Este é um breve relato histórico da criação da ABOMI. Em setembro de 1981, o Rio de Janeiro sediou o 69º Congresso Mundial de Odontologia da Federação Dentária Internacional, tendo como evento paralelo um encontro de dentistas militares de vários países.
A força demonstrada pela Odontologia Militar Internacional motivou a Comissão Organizadora do evento, composta por dentistas de nossas Forças Singulares, a desencadearem esforços para a criação da ABOMI, ocorrida em 08 de março de 1982.
A sessão solene de instalação da Academia ocorreria a 20 de abril de 1993, na Academia Brasileira de Letras, casa de Machado de Assis, com a posse do primeiro presidente, Capitão-de-Fragata da Reserva Remunerada (CD) Vinícius Ribeiro Soares, baluarte da odontologia militar e civil. Muitos dos presentes àquela solenidade estão hoje aqui presentes, o que nos enche de alegria.
Esta integração seria mantida através dos sucessivos congressos e jornadas militares que ocorreram e ocorrem desde então, não só em parceria com a ABO-RJ, mas também com outras entidades, como a ABO - Pernambuco, ABO - Bahia, ABO - Ceará, ABO-Distrito Federal, ABO-Rio Grande do Norte, Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, além dos eventos exclusivos da Organizações Militares em todo o Brasil.
A partir de 1995, a ABOMI iniciou suas atividades na área de pós-graduação, cumprindo sua missão estatutária, com a assinatura de convênio com a 1ª Região Militar, para participar de Cursos na Odontoclínica Central do Exército.
Este exemplo vitorioso seria seguido pelas outras Forças. Atualmente, a ABOMI mantém convênios com a Marinha do Brasil, na Odontoclínica Central da Marinha, com Organizações de Saúde do Exército em Recife, Fortaleza e Natal, e com a Força Aérea Brasileira, no CTA - São José dos Campos. Todos os cursos de especialização são realizados dentro das normas preconizadas pelo Conselho Federal de Odontologia, com alto nível científico, o que tem despertado uma grande procura por cirurgiões-dentistas civis, além dos militares
Cabe ressaltar a participação cada vez mais forte dos cirurgiões-dentistas militares das Forças Auxiliares na Academia. A partir da próxima gestão, teremos uma Vice-Presidência das Forças Auxiliares, para que os temas peculiares a este segmento sejam tratados por um Acadêmico oriundo das Forças Auxiliares.
Dentro deste espírito de permanente atualização e busca por uma Odontologia cada vez melhor e respeitada, a ABOMI tem procurado manter-se jovem, enérgica e fiel à sua vocação idealista e patriótica. Sem ser injusto com os demais Presidentes que me antecederam, citamos um pequeno trecho do discurso de posse de nosso primeiro presidente, Acadêmico Vinicius Ribeiro Soares, ao evocar o exemplo de nosso Patrono, Alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes:
´´... Os acadêmicos se comprometem a seguir seu exemplo no engajamento em sua visão telúrica do homem trabalhando para as conquistas que jamais lhe serão subtraídas. Engajamento nos sonhos dos inconfidentes todos emoldurados por anseios de justiça e respeito ao ser humano´´.


topo

 

SESSÃO SOLENE E COMEMORATIVA DOS 20 ANOS DE FUNDAÇÃO

No dia 08 de março, no Leme Tênis Clube , foi realizada a sessão solene comemorativa dos 20 anos da nossa Academia, seguido de um jantar dançante, ao qual compareceram autoridades civis e militares , que atendendo ao nosso convite vieram compartilhar com todos os membros da ABOMI esta data tão significativa.

Na ocasião foram entregue diplomas de Membro Titular Emérito , aos acadêmicos abaixo relacionados que completaram 10 anos como Membro Titular:

Raimundo Nonato Soares de Castro, Roberto Garritano, José Eduardo Antonio de Mattos, Rubens Murilo de Lucas, Paulo Afonso Dimas Rios Ciruffo , Breno Junqueira Cardoso, José Henrique Cavalcanti Lima,Roberto Henrique Guedes Farias, Itaboraí Revoredo Künert, Antonio Wilson Sallum, Ivo Milman, Reynaldo Gomes da Motta e Dauglis Lora Arrais.

As seguintes personalidades receberam a medalha e o diploma Alferes Tiradentes de Membro Honorário Nacional, pelos relevantes serviços prestados a odontologia militar e brasileira :

Prof. Dr. Miguel Álvaro Santiago Nobre- Presidente do Conselho Federal de Odontologia e o Prof. Dr. Outair Bastazini- Presidente do Conselho Regional de Odontologia do Rio de Janeiro.

Na ocasião o Presidente da ABOMI- Ac. Ismael Olimpio Batista de Oliveira proferiu o seguinte discurso:

A história da nossa Academia pode ser resumida em 3 etapas distintas;

A primeira nos idos de 1977 a 1979 quando da realização dos congressos militares no Rio de Janeiro.

Em 1981, com a realização do 3º Congresso Brasileiro das Forças Armadas que teve um êxito enorme à idéia de aumentar o intercâmbio entre os colegas militares crescia e neste mesmo ano em setembro foi realizado 69º congresso mundial de odontologia do FDI, no qual tinha um capitulo militar e em cuja organização tinha CDs. Militares de nossas forças armadas.

A comissão organizadora do capitulo militar, após o congresso, em reunião na Odontoclinica Central da Marinha, resolveram convidar outros colegas militares a constituírem uma comissão de estudos preliminares para a implantação da Academia Brasileira de Odontologia Militar.

A comissão começou confiante os seus trabalhos, promovendo reuniões na sede da ABO-RJ, na rua 13 de maio nº 13/10º andar, e onde a cada encontro aumentava o numero de colegas interessados e os debates eram calorosos. O sonho tomava formas definidas.

A comissão de estudos preliminares, após coletar todas as sugestões resolveu designar um grupo de trabalho para a redação final do anteprojeto do estatuto, o qual foi levado para aprovação em assembléia geral no dia 08 de março de 1982, data de nossa fundação.

Foram 67 fundadores, dos quais 40 tornaram-se membros titulares e é com satisfação que vejo nesta solenidade muitos daqueles colegas que foram os responsáveis pela existência de nossa ABOMI.

A sessão solene de instalação ocorreu no dia 21 de abril de 1983, no auditório nobre da Academia Brasileira de Letras, onde a primeira diretoria tomou posse, cabendo a presidência a Marinha por ser a força mais a antiga do Brasil.

A segunda fase vai desta data até março de 2000, e inclui vários congressos militares brasileiros, a 1ª Conferência Latino Americana de Odontologia Militar em julho de 1987, que abriu caminho para o Congresso Mundial de Odontologia Militar (CMOM), sempre acoplado ao Congresso Internacional de Odontologia do Rio de Janeiro (CIORJ), realizado pela nossa ABO-RJ. O primeiro CMOM foi realizado em julho de 1989 e o último em julho de 2001, que foi o sétimo.

A cada dois anos, num rodízio democrático e importante para a entidade, a Diretoria é eleita, sendo que o Presidente e o Vice, terão que pertencer à mesma força. Na atual diretoria estes cargos são da Marinha, e em 2003 caberá ao Exército os destinos de nossa ABOMI.

A terceira fase começa em março de 2000, com a direção dos colegas da Aeronáutica e, com a entidade completando sua maioridade e sentindo como todo adolescente a necessidade de trilhar seu próprio caminho, conseguimos adquirir nossa sede própria e deixamos a ABO-RJ que nos acolheu desde a fecundação até a nossa maioridade dando todo apoio e nos projetando como entidade de classe.

Os Acadêmicos que estavam sumidos, hoje são vistos constantemente em nossa sede no centro do Rio, discutindo e incentivando, e isto refletiu na criação do nosso boletim informativo trimestral: o ABOMI em forma. A comunicação interativa que faltava a nossa entidade em breve estará no ar:

O site Abomi.org.br está em fase final, e até abril deverá estar funcionando.

O nosso patrimônio acaba de ser aumentado com a compra das salas 1001 e 1002, graças ao apoio de todos e de sua proprietária Dra. Zeloanda dos Santos, aqui presente que aceitou nossas condições de pagamento, sem onerar as finanças da entidade.

Os cursos do convênio com a Diretoria de Saúde do Exército/ Odontoclínica Central do Exército, tem formado excelentes profissionais devido à alta qualificação dos coordenadores dos cursos e das excelentes instalações da OCEx.

Aos colegas fundadores hoje homenageados que não se tornaram titulares, mas continuam ligados a nossa ABOMI o nosso eterno reconhecimento.

Aos Acadêmicos que hoje se tornaram titulares eméritos, sendo promovidos a esta categoria por pertencer há mais de 10 anos a nossa entidade, a certeza que estarão cada vez mais presentes no dia a dia da ABOMI, dando sugestões, criticando, mas participando sempre.

Aos novos membros Honorários, Acadêmicos Miguel Nobre-Presidente de nossa entidade máxima o CFO e Outair Bastazini- Presidente do CRO-RJ, a certeza que esta homenagem representa o reconhecimento de todos os cirurgiões dentistas militares pelo apoio constante e irrestrito prestados por suas entidades, a odontologia militar e aos cursos de especialização realizados no âmbito das organizações militares.

A ABOMI sente-se orgulhosa de ter em seu quadro de Membro Honorário Nacional figuras tão expressivas da odontologia brasileira.

Ao encerrar um agradecimento especial a toda a minha Diretoria pela presença e apoio constante em todas as reuniões e decisões ligadas ao crescimento de nossa ABOMI.

Para perpetuar os nossos 20 anos, será lançado neste momento um cartão telefônico , com a bandeira da ABOMI e no verso uma pequena história de nossa entidade e com a efígie de nosso patrono Tiradentes , com tiragem restrita. O seu idealizador e responsável pela confecção do layout foi o nosso Membro Fundador e Emérito Remido-Ac. Jesus Broxado Dias Carneiro, que já é o autor do nosso hino e de nossa bandeira.

Muito obrigado mais uma vez pela presença de todos.

 


topo

A Academia Brasileira de Odontologia Militar - ABOMI - foi instalada em Sessão Solene no auditório da Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro, na noite de 20 de abril de 1983, lembrando com o seu nascimento a morte heróica de seu Patrono, Tiradentes.

A diretoria pioneira e os Membros Titulares (num total de 40 membros) foram acomodados nas primeiras poltronas. Familiares e demais convidados lotaram o auditório da casa de Machado de Assis, envolvidos na emoção daquela cerimónia. Diversos meios de comunicação divulgaram o acontecimento.

Hoje, lembramos os 15 anos de atividades da ABOMI - promoções de congressos mundiais e nacionais, cursos e demais jornadas, num proveitoso intercâmbio com suas congêneres.

Anualmente a Academia realiza sua Sessão Magna para reverenciar o seu Patrono, dar posse a novos membros e homenagear personalidades e entidades que tenham prestado relevantes serviços à ABOMI e à Odontologia Militar.

A bandeira da ABOMI foi bordada no Ceará por famosos artesãos no final da década de 80, graças à gentileza de um empresário cearense.

O hino oficial da ABOMI foi aprovado na sessão do dia 26 de novembro de 1985 e gravado em fita pela Banda do Curso de Formação de Sargentos Músicos do Centro de Instrução e Adestramento do Corpo de Fuzileiros Navais, no dia 30 de setembro de 1986. Ele foi registrado com o nome "Exaltação" na Escola Nacional de Música da UFRJ.

A Revista da Academia nasceu timidamente em 1983. Foi registrada na Biblioteca Nacional. Em 1992, já mostrava melhoria em seu aspecto gráfico e seu conteúdo, onde registrou o lançamento de um carimbo comemorativo dos 10 anos da ABOMI, emitido pelo Departamento Filatélico da ECT (Brasíha-DF) e divulgado para todo o país, coincidindo com o lançamento do selo comemorativo dos 200 anos da morte de Tiradentes.

Desde a gestão da diretoria responsável pelo biénio 1991-1993, estamos tentando junto às autoridades estaduais conseguir reativar o prédio, onde por muitos anos funcionou o Instituto Odontopedagógico Zeferino de Oliveira, de tão grandes recordações para vários colegas que fizeram deste Instituto o centro de referência da Odontologia da cidade do Rio de Janeiro. Lá funcionaria a sede da ABOMI. A luta continua...

Junto à lª Região Militar, a diretoria do biênio 1995-1997 celebrou um convênio, em abril de 1997, com o objetivo de promover o desenvolvimento de Cursos de Especialização e/ou Aperfeiçoamento na área de Odontologia na OCEx (Odontoclínica Central do Exército), possibilitando a oportunidade de aprimoramento técnico aos cirurgiões-dentistas do Exército, das demais forças e aos civis. Estes cursos funcionarão nas instalações da OCEx, com carga horária prevista na legislação em vigor e dentro dos requisitos determinados pelo Conselho Federal de Odontologia.

Nestes 15 anos, muitos colegas nos deixaram atendendo ao chamamento do Deus supremo, e outros pelo não cumprimento dos artigos estatutários. Em compensação, com a entrada de novos Membros Titulares militares e civis, sangue novo foi injetado na ABOMI.

Infelizmente, temos conhecimento de críticas de colegas que desconhecem a filosofia e o trabalho da ABOMI.

Como qualquer outra Academia, o nosso quadro é composto por poucos colegas civis e militares, pois o critério de seleção é qualitativo e não quantitativo, o que, certamente, gera pouca receita, dificultando, assim, uma administração mais efetiva.

Não devemos condenar os colegas que estão em posição de destaque na política ou em qualquer outra administração. Não devemos dizer que no lugar deles faríamos melhor. Enquanto não colocarmos em ação real nossas forças, não teremos a certeza do que somos capazes.

Por outro lado, a história das "uvas verdes"o se repete, mas não irá nos impedir de continuar lutando pelo engrandecimento de nossa ABOMI.


topo

 

// NOSSOS CURSOS
// HOME // INSTITUCIONAL // CIENTIFICA // NOTICIAS // HISTORIA // INGRESSAR // FALE CONOSCO
Home Diretoria
Estatuto
Acadêmicos
Símbolos
Hino
Caderno de Odonto
Cursos
Revista OnLine
Boletim OnLine
Código de Ética
Nossas notícias
Destaques
Editoriais
Surgimento
Ata de fundação
Membros Fundadores
Instalação
Ingressar Formulário


ABOMI
Academia Brasileira de Odontologia Militar
Rua Alcindo Guanabara, 17/21 sl. 1001 a 1005 - Centro - Rio de Janeiro - Cep.:20.040-003
Tel/Fax: (21) 2220-6798 || E-mail: abomi@terra.com.br